HOTEL ESCOTEIRO

HOTEL ESCOTEIRO
cada foto tem uma história

terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

O que devemos esperar de uma direção regional e ou nacional Escoteira?



Conversa ao pé do fogo.
O que devemos esperar de uma direção regional e ou nacional Escoteira nestas eleições?

Não esperamos muito. Esperamos que todos eles sejam simpáticos. Não precisam ser bonitos. Mas esperamos que eles tenham um belo sorriso. Ops! Educados é claro. Um passado exemplar. Que depois de eleitos não se achem os tais, que não sejam arrogantes e donos da verdade, que sempre procurem ter uma palavra de estímulo a todos os chefes e jovens. Que saibam incentivar e o mais importante – Que saibam ouvir!

Não esperamos que construam uma sede imponente. Não precisa. Quem precisa de uma boa sede são os grupos escoteiros. Não desejamos que tenham uma grande placa anunciando que se iniciou uma nova era no escotismo em sua região ou país. Desejamos muito que eles comprem a ideia que estão ali para fazer crescer os grupos escoteiros. Que estes sim são a célula mais importante do escotismo e eles é que devem crescer.

Ei! Não esqueçam, eles terão que se desdobrar sem reclamar cansaço. Terão que dar alegria e felicidade a um “montão” de gente. Fazer tudo para que os direitos sejam respeitados. Que conquistem pelo amor sem admoestações. Que façam o máximo para que todos os que tiverem direito a uma condecoração, ou uma ortoga de Lis de Ouro ou Escoteiro da Pátria que a recebam e para isto se precisar passar por cima da burocracia que passem. E olhe se possível que deixem em branco pedido para si, e não recebam nada durante sua jornada na direção. Que lindo exemplo!

Deverão sim ter uma boa estrutura para que os cursos sejam acessíveis. Não como aquele formador que nos disse que a taxa é menor que a diária de um hotel cinco estrelas. Ufa! Ninguém vai até lá em busca de conforto, mas sim de seu aprendizado técnico e teórico Escoteiro. E dormir em barracas não é um sonho? E fazer sua própria comida? Lindo isto. Uma taxa pequena e quem sabe premiar os mais humildes com taxa grátis? Risos. Claro, isto é possível e pode ser realidade.

Portanto, acho que todos ficariam felizes em saber que contrataram bons executivos que irão se pagar e vão dar todas as facilidades nas enormes taxas cobradas hoje. E ficaríamos felizes em saber que eles irão levar todos os cursos aos mais longínquos rincões do estado. Acho que iremos aplaudir e ficarmos felizes em saber que os interessados em fundar um novo grupo eles iriam correr para ajudá-lo em tudo. É assim que nosso efetivo pode aumentar. E sempre ter alguém ao seu lado para ajudar. Não como hoje, com livretos e mais nada, pois nem sempre se fala com o grandão por telefone. Ele não está ou está em reunião (?). E para não esquecer, atividades regionais poucas. Sem muita pompa. Taxas mínimas para que todos possam participar. E claro, ao terminar enviar a todos os grupos participantes o balancete. Transparência? Claro que sim.

 E que tivessem o mínimo de assistentes. Ninguém gosta de falar com assistentes. E nem sub do sub. Distritos sim, bem organizados e fiscalizados para que não surja um distrital déspota que acredita estar acima do bem e do mal. Que o líder da região tivesse um mínimo de dois dias na semana para atender a todos que o procurassem. Que ele fizesse o máximo de esforço de organizar e participar de muitos Indabas, seminários dos distritos e grupos, com programação deles e não imposta pela região.

E finalmente, que fizessem o máximo para um marketing sadio, nas escolas, nas fábricas, nas igrejas, nos colégios, nas grandes empresas de que o escotismo é bom. É sadio. Investir no escotismo é investir em si próprio e no crescimento ético de uma nação. As demais burocracias poderão existir, mas este seria a minha escolha se fosse votar. Risos. Se fosse. Não voto. Mas então, esta é uma diretoria de sonhos? Mas os sonhos não viram realidade? Um sorriso, um aperto de mão sincero, um abraço e o ver dizer – Chefe, eu gosto de você. Você para mim é o mais importante em nossa região. Seja sempre bem vindo e me tenha como seu irmão! Será tão difícil assim?