HOTEL ESCOTEIRO

HOTEL ESCOTEIRO
cada foto tem uma história

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

O CUSTO VALE Á PENA?


O custo vale à pena?
Para o chefe ou a chefe escoteira meditar...

Não é um tema interessante? Não sei. Pode ser que não. Mas eu lhe pergunto quanto você gasta para ser Chefe Escoteiro? Muito pouco? Razoável? Além do que pode gastar? Os amigos devem estar estranhando porque entrei nesse tema. Por quê? Olhem, tenho tentado defender por todos os meios o que o Escotismo através de suas direções fazem. Contam-me cada uma. Não vou repetir aqui, mas as principais se referem à tecnocracia de alguns dirigentes, ou mesmo a “arrogância de outros” “ou o profissionalismo de muitos” e depois os gastos excessivos que fazem para serem chefes escoteiros.

Verdade. Parece para alguns que não é muito, mas para outros, que no fim do mês olham as contas de água, luz, telefone, gás, internet, prestação A, B e C, colégio ou material didático dos filhos ficam deveras assustados. E o salário? Sumindo! E agora vem aquele curso, aquele Jamboree, e o acampamento, aquela viagem de linda programada pelo Distrito. Como fazer? Claro dirão. Os Grupos Escoteiros devem estar reestruturados para isso. São eles que arcam com essas despesas. Verdade mesmo? Vocês acreditam nisso? Eu não. Pode ser que uma porcentagem o faça, mas a grande maioria não.

Se a esposa, ou a família não participa, sempre existe aquele ressentimento. Você devia pagar isso, comprar aquilo e não ficar gastando com o escotismo. Mas o menino não tinha condições! Tinha de ajudá-lo. E assim vai. Família, eu vi um curso que quero fazer. Se calcularem bem não é caro. A diária é mínima. A de um hotel cinco estrelas é bem maior! Afinal preciso “tirar” minha Insígnia da Madeira. Sera que ele não está enganando a si próprio? Sabe que irá gastar logo no inicio do ano, onde tantas contas para pagar estão sobre a mesa e mesmo assim acha que dá para fazer o tal curso ou ir naquela atividade escoteira.

Depois ele chega lá, e vê tantos figurões, gente linda, bem uniformizada, de lenço da Insígnia, e diz para si próprio – Agora sim, vou aprender tudo! Desculpem a brincadeira. Sem ofensas aos bravos membros da Equipe Nacional de Formação. Bravos sim. Sei do trabalho insano que fazem para ajudar o Escotismo Brasileiro. Eu fui um deles no passado. Claro, hoje são tantos que na minha época tinha imensas dificuldades para formar uma equipe de curso. Hoje não. Nas fotos lá estão cinco, sete já vi até oito deles dirigindo uns dez alunos! Deve ter sido um lindo curso.

Sem criticas. Não estou lá agora. Não sei como é. Mas sei como era. Lutava para baratear a taxa. Brigava mesmo por isso. Tinha um executivo. Ele andava. Visitava super mercados. De uniforme, ganhava muita coisa do cardápio. Eu mesmo convidava pais para ajudar na cozinha. A região na época não nadava em dinheiro (agora sei que também não) mas as taxas sempre ela cobria uma parte. No final todos podiam pagar sem prejudicar suas finanças pessoais. Fazíamos um escotismo sem pretensão de sobrar da taxa para a região.

Estão rindo? Outra época? Deve ser. Hoje os profissionais substituíram os amadores do passado. Acho que eu era um amador. Mas sabe, eu gostava de ser um amador. De conseguir auxilio em todos os lugares para ajudar aos jovens a participar de atividades regionais, ou mesmo distritais. Foram diversas. Uma taxa “pequenina, pequeninita”, infinitamente pequena. Com orgulho lá estavam patrulhas de toda a região ou do distrito.

Gostaria de defender a UEB, as Regiões, Os distritos, Os grupos, mas estão dificultando essa defesa. Muitos que abandonam o escotismo sempre reclamando a mesma coisa. Todos já disseram e eu repito, quando Baden Powell fundou o escotismo, era para os jovens humildes e pobres. Hoje ele caminha para a elite.

Perguntem aos chefes do Brasil. Perguntem aos que se foram. Principalmente a muitos Insígnias da Madeira que não mais estão na ativa.  Não perguntem a mim. São eles que comentam sempre. Que se lembram do passado e não gostam do presente. Mas afinal estou fazendo o que aqui? O movimento escoteiro no Brasil cresce a olhos vistos. Para que me preocupar?

E para terminar, não dá para diminuir um pouco essa taxa? Não? Você a acha pequena? Boa atividade meu amigo. Eu desejo de coração que o curso e o Jamboree, sejam um sucesso! Não tenho mais nada a dizer.

Eu não sou pobre, apenas um rico em dificuldade. 


ONDE ESTÁ O CAMINHO A SEGUIR?


Onde está o caminho a seguir?

Do livro Brida...
Estava na praia com o meu pai, e ele me pediu para ver se a temperatura da água estava boa.
Ela estava com cinco anos, e ficou contente de poder ajudar; foi até a beira da água e molhou os seus pés.
 “Coloquei os pés, está fria", disse para ele.
O pai pegou-a no colo, caminhou com ela até a beira do mar, e sem qualquer aviso, atirou-a dentro da água.
ela levou um susto, mas depois ficou contente com a brincadeira.
 “Como está à água?" perguntou o pai.
 “Está gostosa", respondeu.
 “Então, daqui pra frente, quando você quiser saber alguma coisa, mergulhe nela".

Não sou mais o "Velho" estudioso do passado. Tento ler quando possível as novas mudanças, mas sinto dificuldades em interpretá-las. Meus olhos estão um pouco cansados. São tantas resoluções normas, artigos que fazem da minha cabeça um redemoinho. Sei que sem entender bem os novos ventos escoteiros não posso discutir os velhos ventos que já ser perderam no tempo. Antes achava tudo muito simples. Três ou quatro e o feijão com arroz ficava pronto. Hoje não.

Outro dia recebi um email de um jovem Escotista. Dizia – Leio seus escritos. Alguns bons outros não. Se não vai até um grupo trabalhar, melhor não ficar dando opinião. Eu estou em uma tropa. Amo o escotismo. Porque não faz como eu?  O passado Osvaldo ficou para trás. Agora temos outro escotismo. Mais moderno mais atual. Tente conhecer melhor para não ficar só fazendo críticas.

Chamava-me de Osvaldo. Não chefe Osvaldo ou senhor Osvaldo. Até aí tudo bem. Fiz um exame de consciência. Tentei me colocar com a idade que tenho como um novo voluntário em um Grupo Escoteiro qualquer. Sabem? Eu não saberia preencher a tal ficha de inscrição. Muito complicada para mim. Tentei mas achei que não iria me enquadrar em nada. Mas suponhamos que fosse aceito. Teria um “assessor pessoal”, ele iria dizer no final se seria aprovado ou não. Afinal não é assim que funciona?

Passado alguns meses, vi em sonhos o assessor pessoal dizendo ao seu superior o seguinte – Olhe chefe, acho que o "Velho" não serve. Não me ouve e sempre discute comigo o que tento passar para ele. Veja, ele no primeiro dia já criticou a forma com que fazemos o cerimonial. Disse que devíamos ter uma patrulha de serviço ou matilha. Pode isso? Deixar para os meninos tamanha responsabilidade? O pior, nas reuniões fica dizendo aos chefes que não devem ficar dando palestras, por mais de 10 m., e que quando fizerem isso procurem um local adequado, etc. e etc. Completou. Depois de 10 minutos ninguém está mais prestando atenção!

E sabe o que mais? No acampamento. Criticou o tempo todo porque levamos os lobinhos, escoteiros, seniores todo mundo junto e fazíamos jogos e atividades escoteiras e devíamos fazer em separado. E olhe, falou um monte dos pais fazerem as refeições para todos. Usem as patrulhas, elas devem ser autônomas. Uma piada chefe. O cara não dá. É “carne de pescoço” vive cobrando que façamos pelo menos uma reunião de chefes por mês. Reclama de tudo. Acha que somos ásperos de vez em quando. E ainda quer que nos transformemos em anjos. Detesta uma piadinha e reclama dos meninos e meninas dizerem de vez em quando uns palavrões! E a Lei escoteira? Só reclama.

Cobra da gente tudo. Boa ação, treinamento dos monitores, um pouco de autonomia as matilhas, mais atividades e menos papeis coloridos. Fala sempre numa tal pontuação mensal. Reclama por que nos os chefes arrumamos a sede. Fala com nosso Diretor Técnico como se ele fosse sim o professor. Vive enchendo a paciência que não somos democráticos. Não ouvimos o que os meninos têm a dizer. Outro dia fizemos a promessa de seis de uma vez. Foi uma festa. Eles nos procuraram claro, sei que nosso grupo é bom. Sei que muitos estão saindo, mas eu disse a ele que nem todo mundo nasceu para ser escoteiro. Se quiserem ir embora xau!

Reclama sempre porque o distrito faz muitas atividades. Reclama mais ainda porque nós os chefes sempre vamos a Jamborees, Grande atividades escoteiras e os meninos não vão. Pode? Afinal somos adultos. Podemos pagar. Para isso trabalhamos. Quando eles crescerem poderá fazer o mesmo não acha? Olhe se fosse enumerar tudo o mandaria para a “Tonga da mironga do cabuletê”. O cara é carne de pescoço mesmo! E olhe, fique lá conosco uma reunião e você vai ver o "Velho". Só “enchendo o saco”!

É, o melhor é ficar na minha. São tantas atribulações e exigências que não iria ser aceito mesmo. Eu sei que sou um "Velho chato” mesmo. Não vou parar. Podem me chamar do que quiserem. Minhas idéias do que aprendi eu irei insistir até o fim da minha vida. Não sou perfeito eu sei, mas queira ou não é a única coisa que posso fazer. Lutar pelos meus ideais!

E por fim, o velho chato. O velho chato é aquele que já viu de tudo, sabe de tudo, comeu de tudo, trabalhou de tudo na vida.
Foi sapateiro, fazendeiro, caminhoneiro, lenhador, pescador, dentista, e quem sabe escoteiro. Na época dele ele serviu o exército e fez maravilhas que nem o Indiana Jones faria. Os peixes que ele pescava mal cabiam no mar. Adora falar sobre a guerra e sempre te dá conselhos QUE VOCÊ NÃO DEVE SEGUIR. A esposa dele não é chata, ela é uma velhinha carinhosa e cansada, sentada numa cadeira, fazendo tricô, que só quer te oferecer bolinhos, biscoitos e cafezinho. Se a velhinha é viúva, aí lascou tudo... Ela é boazinha, mas é triste e solitária, quando recebe uma visita faz questão de te tratar como um príncipe, mas você não gosta de velhinhas e tá morrendo de pressa! Só passou na casa dela pra fazer algum favor pra sua mãe. A principal função dos velhinhos chatos é tomar o seu tempo e gastar os seus ouvidos!!!


sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

DAI A CESAR O QUE É DE CESAR!


Dare a Cesare quel che é di Cesare!
Daí a Cesar o que é de Cesar!

        “Então, retirando-se os fariseus, projetaram entre si comprometê-lo no que falasse. E enviaram-lhe seus discípulos, juntamente com os herodianos, que lhe disseram: Mestre sabemos que és verdadeiro, e não se te dá de ninguém, porque não levas em conta a pessoa dos homens; diz-nos, pois, qual é o teu parecer: é lícito dar tributo a César ou não? 
             Porém, Jesus, conhecendo a sua malícia, disse-lhes: Por que me tentais, hipócritas? Mostrai-me cá a moeda do censo. 
             E eles lhe apresentaram um dinheiro. 
             E Jesus lhes disse: De quem é esta imagem e inscrição?
             Responderam-lhe eles: De César.
             Então lhes disse Jesus: Pois dai a César o que é de César e a Deus o que é de Deus.
             E quando ouviram isto, admiraram-se e deixando-o, se retiraram. (Mateus, XXII: 15 a 22) (Marcos, XII: 13 a 17).

Dare a Cesare quel che é di Cesare!

                 Não. Não vou fazer pregações aqui. Claro, sou religioso, mas neste blog é para falar de escotismo. Afinal ele foi criado para isso e não vou mudar a linha mestra que venho seguindo até hoje. Não sei qual foi meu intuito em dar esse título e esse preâmbulo antes de entrar no tema escolhido. Mas espero que me perdoem. Esse artigo que pretendo comentar não será de técnicas escoteiras, apesar de que adoro falar disso e sei que meus amigos que lêem esse blog também.
               
                  Estive fazendo um mea-culpa. Uma auto-análise de tudo que escrevi até hoje. A primeira impressão é que quero acabar com a UEB. Nossa querida União dos Escoteiros do Brasil e privilegiar as outras organizações escoteiras. Não é essa minha intenção e nunca foi. Nasci na UEB. Vou morrer ou ser condenado por ela (risos). Queria que ela fosse forte, saudável, admirada, democrática e que visasse uma expansão participativa onde todos teriam voz e voto.

                  Procuro escrever o que sinto. E olhem quase ninguém comunga com o que escrevo. Poucos fazem comentários. Ainda bem que este blog a cada dia aumenta o número de visitantes. Isto me alegra. Não sei se atendo meus objetivos ou os objetivos deles. Os comentários dos leitores são poucos. Mas saibam que sempre fui assim. Tive alguns seguidores no passado. Infelizmente todos que conheci e aqueles que poderiam ter feito uma democracia plena na UEB não o fizeram. Os que se mantém na ativa até hoje são cordados. A sua maneira acreditam e eu tenho que acreditar neles. Não sou o dono da verdade.

                  Em uma determinada época alguns escotistas por motivos diversos, deixaram as fileiras da UEB. Não concordavam com tudo que estava sendo feito e acredito que com a melhor intenção fundaram outras organizações escoteiras. São várias. Muitas delas dizem ser tradicionalistas. Querem continuar o legado que conforme dizem Baden Powell deixou. Estão errados nisso? Claro que não. Se os participantes delas se sentem felizes, se os objetivos são alcançados porque criticá-las? E olhe não é minha seara.

                 Pelo que leio hoje, existem em muitos países sul-americanos, europeus e outros continentes, diversas organizações escoteiras que fazem o escotismo conforme seus ideais e todos voltados para os princípios que nosso fundador nos deu. Em quase todos os países as organizações trabalham lado a lado, cada uma respeitando a individualidade da outra. Existe até uma organização internacional que as agregam. Não discuto das razões de no Brasil não acontecer o mesmo.

                   Infelizmente ou felizmente minha luta é como fazer com que tenhamos mais e mais jovens participando do escotismo. Já lutei muito em tropas, em alcatéias, em direções diversas do escotismo nacional. Se fui vitorioso ou não, não importa. Queria conhecer mais profundamente essas organizações que estão crescendo em todo território nacional. Mas nada obtive nas minhas idéias democráticas. Procurei em vão ver seus relatórios anuais, como é feita as eleições para suas direções em termos regionais e nacionais e nada encontrei.

                    Como sou um abelhudo e procuro ver as vantagens de uma e outra associação, procurei em vão ver livros de ata, normas democráticas e claras, o mais importante o balanço financeiro. Não entendo nada disso, mas como a UEB tem seu relatório anual onde consta tudo isso, pensei em encontrar nos outros também. Fui mais além. Entrei em contato com alguns dirigentes pedindo onde podia ver as atas, as normas, o balancete, que escolhe quem, quem vota, enfim uma serie de itens que hoje labuto para modificações na UEB.

                     Como nada encontrei e somente alguns foram gentis para minhas respostas, fui mais enfático mesmo assim me disseram que esses dados são para as pessoas certas, ou seja, para as autoridades que tem o direito de ver e comentar. Não era público. “Abelhudamente” fui a todos os sites que poderiam constar, mas o que precisava para aprender não encontrei. Portanto não posso dizer se elas são democráticas ou não. Falar por falar é fácil. Mas onde estão os relatórios? As atas? Os balancetes?

                      Desde que foram criadas a maioria ainda é liderada pelo seu criador ou dirigente. Algumas tem participantes ativos, cheio de ideais. Vejo fotos lindas, de rapazes e moças sorrindo e fazendo atividades escoteiras. Ali não se preocupam se o caminho é outro. Ali estão participando com amor. E isto é válido. Muito. Mas afirmo quase todas são copias da UEB no passado. Não há novas lideranças ou renovação dos lideres nacionais.

                       Nunca pretendi e nem pretendo me imiscuir nelas. “Dare a Cesare quel che é di Cesare!”. Meu desejo é que produzam frutos. Que os jovens que ali participam sejam felizes e alcancem o que todos nós adultos escoteiros desejamos. Um homem ou uma mulher dentro da sociedade, com ética, caráter, formação religiosa e todas as qualidades da Lei escoteira. Que assim como desejou BP, alcancem seu Caminho para o Sucesso.

                       Quando um dia, não sei quando, ter em mãos uma análise mais completa e detalhada, poderei dizer: - Estão no caminho certo para uma democracia plena. Até então me abstenho de comentar. Tenho amigos que participam com amor e dedicação nos grupos que delas pertencem. Admiro o trabalho realizado, mas tenho milhares de outros que fazem o mesmo na UEB e acreditam como eles no que estão fazendo.

                       Portanto se hoje faço comentários e mais comentários da UEB é porque desejo tudo de bom ao nosso movimento escoteiro. Gostaria de ver ali uma democracia plena. Onde a participação de norte a sul do Brasil pudesse ser consultada. Onde todos os maiores de idade pudessem votar e ser votados, onde haveria uma abertura completa para se discutir idéias e quem sabe até voltar atrás em outras que foram alteradas.

                       Acho que tenho esse direito. Acredito que dentro das hostes da UEB sou o único ou um dos poucos que alardeiam suas idéias aqui na internet. Não conto os que são de outras organizações que procuram discutir o que a UEB faz. Acho que eles deviam continuar o trabalho magnífico que estão fazendo em suas organizações escoteiras. Se saíram e agora formaram uma conforme acreditam, que sejam felizes nelas. Um velho ditado é sábio – “Quem tem telhado de vidro não deve jogar pedras no vizinho”. Certo? Desculpem. Tem muitos que não tem telhado de vidro. (risos)

                        Irei continuar na minha senda de eterno sonhador. Sonhar que iremos chegar ao crescimento anual que acompanhe o da nossa população. Que cheguemos a pelo menos 200.000 membros (bom mesmo seria uma milhão, mas sei que é impossível) em poucos anos e não daqui a 10 anos onde a população brasileira cresceu muito mais. Que todos os escotistas pertencentes a UEB além de fazerem seu trabalho voluntário com amor junto aos jovens, que pensem o porquê não crescemos, o porquê de tanta evasão e porque eles não são consultados sobre as mudanças ou planos que são desenvolvidos.

                         Lutarei sempre para uma democracia plena. Onde todos podem votar e ser votado. Onde a liberdade de expressão seria aceita, onde a oposição (membros da UEB) se um dia fosse acontecer tivesse condições de apresentar a todos os grupos escoteiros no pais suas idéias. E que os dirigentes reconhecessem sem antipatias com essas pessoas. Onde em Congressos eles pudessem falar, mostrar suas idéias, deixar que todos discutam e então levar até aos mais longes rincões do pais onde haja um Grupo Escoteiro.

                        São apenas sonhos. Espero que os meus amigos entendam a minha posição. Gostaria sim de ver a UEB unida em tudo que disse acima e quem sabe fazendo o crescimento sadio nos princípios salutares que Baden Powell nos legou. E que as outras organizações possam viver em paz. Se escolheram um caminho e tem adeptos, que continuem. Que sejam respeitados. Que lutem por ela e deixem que os que participam da UEB caminhem sua própria trilha. No seriado onde o Dr. House é a figura principal, ele disse um dia – “Pessoas agem em beneficio próprio. Vocês estão aqui porque vocês estão felizes por estarem aqui. Ou pelo menos, porque essa é a melhor opção de vocês.”

Mesmo sem ter o registro na UEB acho que tenho esse direito!

“Horrorizai-vos porque queremos abolir a propriedade privada. Mas em vossa sociedade a propriedade privada está abolida para nove décimos de seus membros. E é precisamente porque não existe pra estes nove décimos que ela existe para vós. Acusai-nos, portanto, de querer abolir uma forma de propriedade que só pode existir com a condição de privar de toda propriedade a imensa maioria da sociedade. Em resumo, acusam-nos de querer abolir vossa propriedade. De fato, é isso que queremos.”
– Karl Mark e Friedrich Engels


quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

NOSSO CANCIONEIRO - PELO CHEFE RAUBER SOARES


ESCOTISMO INDEPENDENTE DO BRASIL

NOSSO CANCIONEIRO

Por Ch. Rauber Soares

Janeiro de 2012

Nota do Autor

Prezados Seniores, Guias:

A real missão deste pequeno cancioneiro foi compilar as músicas mais tradicionais, mais famosas e as canções mais cantadas pelos Seniores e Guias por esse nosso Brasil afora. Por que essa minha vontade de criar tal obra? Sou um ex-Senior “das antigas”, fiz minha promessa como Escoteiro em 1984, e hoje em dia, como chefe Sênior, percebi principalmente após a Primeira Aventura Sênior da AEBP, que os jovens em sua maioria não sabem cantar nem meia dúzia de canções. Então tenho esperança que este sirva como um primeiro passo, um orientador para que resgatemos essa nossa tradição, que é cantar em toda e qualquer ocasião.
Lembrem-se: “O Escoteiro sorri nas dificuldades”. Logo, Ponham suas mágoas num bornal, e vamos rir. 
Boas Aventuras a todos!!!
Ch. Rauber Soares

ÍNDICE:

1 - AVANÇAM AS PATRULHAS

2 - EPITÁFIO ESCOTEIRO

3 - A VIAGEM
4 - CANÇÃO DA PROMESSA
5 - VALDERI, VALDERÁ
6 - RATAPLAN 
7 - QUEBRA-COCO
8 - CANÇÃO DO ACAMPAMENTO
9 - O ESPÍRITO DE BP
10 - EM SILÊNCIO O ACAMPAMENTO
11 - BRILHA A FOGUEIRA (Stodola)

12 - VIDA ESCOTEIRA (Canto Alegretense)
13 - CANÇÃO DO SÊNIOR
14 - CUCO 
15 - SEMPRE ALERTA
16 - ÁRVORE DA MONTANHA
17 - O MAR ESTAVA SERENO
18 - ACORDA, ESCOTEIRO, ACORDA  
19 - ANDAR DE TREM
20 - BELA POLENTA 
21 - BANDEIRA (No Brasil não tem)
22 - CANÇÃO DA DESPEDIDA
23 - ALABUM XICABUM
24 - BONECO DE LATA
25 - INGONIAMA
26 - CANÇÃO DE GILWELL
27 - CHALI GULI (GUIN GAN GULI)
28 - O MANÁ
29 - QUEBRA COCO
30 - ROBOPAN 
31 - DANÇA DA PASTORA 
32 - A CASINHA
33 - HINO DA TROPA SÊNIOR
34 - JOHNNY FURACÃO
35 - O PAI PATO
36 - FLIM
37 - BOA NOITE PATRULHAS
38 - DÁ-NOS FOGO AS TUAS CHAMAS
39 - KUMBAIA
40 - GRITO SENIOR - MACHADO E FACÃO
41 - LONGO É O CAMINHO
42 - HINO ATIVA
43 - HINO TROPA SENIOR AÇÃO
44 - ACAMPAMENTO ESCOTEIRO
45 - ADEUS MONTES E VALES
46 - PÕEM TUAS MÁGOAS NO BORNAL
47 - PASSO FIRME
48 - HEY-A-LEIA
49 - QUANDO SE QUER O FRIO ESPANTAR
50 - SENIORIA
51 - SENIOR NO INFERNO52 - ALVORADA ESCOTEIRA


JAMAIS SE ESQUEÇAM DOS PRINCIPAIS ENSINAMENTOS DE BADEN POWELL:

Promessa Escoteira:

Por minha honra prometo:
Cumprir com meus deveres para com Deus e a Pátria, Ajudar o Próximo a qualquer custo.
Conheço a Lei Escoteira e a obedecerei.

Lei Escoteira:

1. O escoteiro é digno de confiança.
2. O escoteiro é Leal.
3. O escoteiro pratica todo dia uma boa ação.
4. O escoteiro é amigo de todos.
5. O escoteiro é cortês.
6. O escoteiro é bom com a natureza.
7. O Escoteiro é obediente e disciplinado.
8. O Escoteiro sorri nas dificuldades.
9. O Escoteiro é econômico.

E sim, temos apenas NOVE leis, já que o Escotismo Tradicional baseia seu adestramento na edição original, de 1908, do Escotismo para Rapazes. SAPS

1 - AVANÇAM AS PATRULHAS

Avançam as patrulhas – Lá, ao longe – lá, ao longe...
Avançam as patrulhas cantando com valor – lá, ao longe.

Juntos, escalemos a montanha altiva!
Juntos, escalemos o seu pico azul!
Somente os falcões, vão a nossa frente,
Voam majestosos, sob o céu de anil.

Com a mochila às costas – Lá, ao longe – lá, ao longe...
Com a mochila às costas a tropa já partiu – lá, ao longe.
Juntos, escalemos...

Se avista o acampamento – Lá, ao longe – lá, ao longe...
Se avista o acampamento por causa do fogão – lá, ao longe.

Juntos, escalemos...

Avistam-se as barracas – Lá ao longe – lá, ao longe...
Avistam-se as barracas douradas pelo sol – lá, ao longe...

2 - EPITÁFIO ESCOTEIRO

Devia ter acampado mais, Ter vibrado mais
Ter visto o sol nascer
Devia ter cozinhado mais, Até trabalhado mais
Ter feito minha patrulha vencer
Devia ter aceitado A opinião do chefão
Cada um sabe a alegria
De ser escoteiro de coração

E B.P vai me proteger Enquanto eu traçar meu caminho
E B.P vai me proteger Enquanto eu traçar...
Devia ter complicado menos Reclamado menos
Ter visto o sol se pôr
Devia ter me importado menos
Com problemas pequenos Fazer as coisas com amor
Queria ter me esforçado Assim como escoteiro é
O escotismo nos dá alegrias
Pra por um acampamento de pé
E B.P vai me proteger Enquanto eu traçar meu caminho
E B.P vai me proteger Enquanto eu traçar...

Devia ter complicado menos
Reclamado menos
Ter visto o sol se pôr



3 - A VIAGEM

Eu vim de longe prá encontrar o meu caminho.
Tinha um sorriso e o sorriso ainda valia.
Achei difícil a viagem até aqui, mas, eu cheguei, mas, eu cheguei!

Eu vim depressa, eu não vim de caminhão.
Eu vim a jato no asfalto deste chão.
Achei difícil a viagem até aqui, mas, eu cheguei, mas, eu cheguei!

Eu vim por causa daquilo que não se vê.
Vim nu, descalço, sem dinheiro e o pior:
Achei difícil a viagem até aqui, mas, eu cheguei, mas, eu cheguei!

Eu tive ajuda que você nem acredita.
Deu-me a esperança de chegar até aqui.
Vim caminhando, aqui estou me decidi.
Eu vou ficar... Eu vou ficar!

4 - CANÇÃO DA PROMESSA

Prometo nesse dia cumprir a lei
Sou teu escoteiro senhor e rei

(refrão)
Eu te amarei pra sempre, cada vez mais    
Senhor minha promessa, protegerás
          
Da fé sinto orgulho, quero viver
Tal como ensinaste, até morrer.

(refrão)

Com alma apaixonada, servi-lo-ei.
À minha pátria amada, fiel serei.

(refrão)

A promessa que um dia fiz junto a ti
Para toda a vida a prometi

(refrão)

5 - VALDERI, VALDERÁ

Eu conheço um grande jogo que aqui vou ensinar.
É de novos, é de velhos, é bem fácil de jogar. 

Valderi, Valderá, Valderi, Valderá há há há há há há há há
Valderi, Valderá, é bem fácil de jogar.

Tem que ir por um caminho para então acampar
E em fogueiras pela noite, vamos joviais estar 

Valderi, Valderá, Valderi, Valderá há há há há há há há há
Valderi, Valderá, vamos joviais estar.

Com irmãos assim unidos, não se diz nunca adeus,
Porque sempre tem amigos sob o grande céu de Deus. 

Valderi, Valderá, Valderi, Valderá há há há há há há há há
Valderi, Valderá, sob o grande céu de Deus. 

6 - RATAPLAN 

Um, dois! Um dois!
Ra-ta-plan do arrebol,
Escoteiros, vede a luz!
Ra-ta-plan olhai o sol!
Do Brasil que nos conduz.

Alerta escoteiros do Brasil, alerta
Erguei para o ideal os corações em flor
O mocidade ao sol da Pátria, já desperta
A Pátria consagrai o nosso eterno amor
Por entre o densos bosques e vergéis floridas
Ecoem nossa vozes de alegria intensa
E pelos campos a fora, em cânticos sentidos
Ressoe um hino avante, à nossa Pátria imensa
Alerta, alerta. Sempre alerta

Um, dois, Um. . .

Unidos a passo firme, a trilha do dever
Tendo um Brasil feliz por nosso escopo e norte
Façamos do futuro, em flores antever
A nova geração jovial, confiante e forte
Mas se algum dia acaso, a Pátria estremece
De súbito bradar: Alerta aos escoteiros
Alerta respondemos a Pátria nossa vida
E as almas entregar, iremos prazenteiros
Alerta, alerta. Sempre alerta! Um Dois! Um. . .

7 - QUEBRA-COCO


(refrão)
Quebra coco, Quebra coco, Na ladeira do Piá
Escoteiro quebra coco e depois vai trabalhar
 
Acredite se quiser, em cima daquele morro
Tem três metros de lingüiça, correndo atras de um cachorro 

(refrão)
 
Já desci do pção de açúcar agarrado num barbante
Ariisquei a minha vida, mas salvei a bandeirante 

(refrão)
 
Joguei meu boné pro alto, para ver onde caia
Caiu no colo da escoteira, isso mesmo que eu queria 

(refrão)
 
Atravessei os setes mares, numa folha de palmeira
Até fugi de tubarão, só para ver a pioneira 

8 - CANÇÃO DO ACAMPAMENTO

Laribom (bom) Laribom (bom)
Vem correndo depressa escoteiro,  Ajudar o cozinheiro
A fazer um jantar supimpa (supimpa)
Para tibum tibum papabum pabum

Acende o fogo põe a panela, prá dentro dela
O feijão cozinhar (o feijão cozinhar)
Põe o churrasco sobre o braseiro
Alerta escoteiro não deixa queimar

E quando a tarde cai no acampamento (mento, mento)
A lua nasce além do firmamento (mento, mento)
Acende o fogo para o conselho, E canta alegre uma canção (2x)

E quando a tarde cai no acampamento (mento, mento)
A lua nasce além do firmamento (mento, mento)
Brilha fogueira clarão vermelho, Eleva a Deus tua oração
Brilha fogueira clarão vermelho, Eleva a Deus tua oração 
Laribom ( bom) Laribom (bom)
Vem correndo depressa escoteiro, Ajudar o cozinheiro
a fazer um jantar supimpa (supimpa)
Para tibum tibum papabum pabum
Aos ajudantes agradecer
O cozinheiro um prêmio dará ( um prêmio dará)
Depois do jantar, enquanto se canta,
Irão os premiados, ( pausa)  panelas lavar
 

9 - O ESPÍRITO DE BP

De BP trago o espírito sempre na mente,
Sempre na mente, sempre na mente.                                           
            
De BP trago o espírito sempre na mente, sempre na mente estará.

De BP trago o espírito no coração,
No coração, no coração.
De BP trago o espírito no coração, no coração estará.

De BP trago o espírito junto de mim,
Junto de mim, junto de mim.
De BP trago o espírito junto de mim, junto de mim estará.

De BP trago o espírito sempre na mente,
No coração, junto de mim.
De BP trago o espírito sempre na mente, no coração estará.



10 - EM SILÊNCIO O ACAMPAMENTO
  
Em silêncio acampamento,
Este canto vinde ouvir,
São fagulhas da fogueira
que nos dizem: Escoteiros a servir!
(REPETE)
 (Tente em 2, 3, até 4 vozes 

11 - BRILHA A FOGUEIRA (Stodola) 

Brilha a fogueira ao pé do acampamento
para alegria não há melhor momento.
Velhos amigos não perdem a ocasião
de reunidos cantar uma canção – Ei!!!
Stodola stodola stodola Pumpa stodola pumpa stodola pumpa
Stodola stodola stodola Pumpa stodola pumpa pumpa pum!
 
No acampamento que faz o escoteiro
muito trabalha durante o dia inteiro,
mas, quando a noite já trouxe a escuridão,
acende o fogo e canta uma canção – Ei!!!
Stodola stodola stodola Pumpa stodola pumpa stodola pumpa
Stodola stodola stodola Pumpa stodola pumpa

12 - VIDA ESCOTEIRA (Canto Alegretense)

Não me perguntes o que faz um escoteiro
Ouça apenas o que diz esta canção
 Ensinando para o jovem brasileiro
Disciplina, aventura e emoção
Pra quem chega pelo sábado à tarde
Ou às vezes no domingo de manhã
Vê um nó no decorrer da atividade
Um café, um pão mateiro uma maçã
Sempre alerta é o lema escoteiro
Desta vida que eu amei desde guri
A Deus, Pátria e ao nosso companheiro
Nós amamos e vivemos a servir
E na hora da fogueira então se aqueça
Tem canções, tem brincadeiras pra valer
Peço a Deus nesse momento que eu mereça
Ser feliz, ser escoteiro até morrer
.E na hora de encerrar o acampamento
Todos juntos estendendo nossa mão
A saudade vai ficar no pensamento
Dessa vida de amor e devoção.
Sempre alerta é o lema escoteiro
Desta vida que eu amei desde guri
A Deus, Pátria e ao nosso companheiro
Nós amamos e vivemos a servir

13 - CANÇÃO DO SÊNIOR

Refrão Temos 15, 16, 17 anos
O futuro é nosso, vamos prosseguir
Vemos longe a brilhar a nossa estrela Dalva
Quando se é jovem não se pode desistir

Marchar avante, e sempre avante,
Por sobre a terra, sobre os ares e pelo ar
Continuando se os outros param
Sorrindo sempre 

se há vontade de chorar.
Não sentir fome, não sentir sede
Ter persistência, paciência e resistir
Ser mais que humano, querer por dez
E conquistar a nossa meta no porvir

A humanidade busca a verdade
Pela ciência, pelo estudo e o saber
E a mocidade é a como a flecha
Que do arco até o alvo sem temer.
A fé nos guia, coragem temos
Temos amor prá dar 
aos outros e ajudar
E o que é mais fraco, mas nosso irmão
E todos juntos o sucesso conquistar

14 - CUCO 

Da Noruega distante veio esta canção
Cantem CUCO uma vez, preste bem atenção... 

Tiiri-aoia, tiri-aoia cuco, oia titri-aoia cuco
Oia tiri-aoia cuco, oia tiri-aoiaaaaa
  

Da Noruega distante continua a canção
Cantem CUCO DUAS vezes, preste bem atenção... 

Tiiri-aoia, tiri-aoia cuco, cuco oia titri-aoia cuco cuco
Oia tiri-aoia cuco, cuco oia tiri-aoiaaaaa

(TRÊS, QUATRO VEZES ...)

15 - SEMPRE ALERTA

Sempre Alerta escoteiro trabalha para servir o Brasil (2x)
O seu Brasil, o seu Brasil
 
Marcha à frente escoteiro valente para servir o Brasil (2x)
Nosso Brasil, Nosso Brasil
 
Nosso lema é fazer sempre o bem a quem de nós precisar (2x)
Pelo Brasil, Pelo Brasil
 
Marcha à frente escoteiro valente para servir o Brasil (2x)
Nosso Brasil, Nosso Brasil
 
O escoteiro é cortes para todos e amigo legal
O escoteiro é cortes para todos e amigo legal
O seu Brasil, O seu Brasil
 
Marcha à frente escoteiro valente para servir o Brasil (2X)
Nosso Brasil, Nosso Brasil         

16 - ÁRVORE DA MONTANHA

A árvore da montanha ô leria ô  (4X)

 Essa árvore tinha um galho,
ó que galho, belo galho,
ai, ai, ai, que amor de galho.
O galho da árvore...

A árvore da montanha ô leria ô   (4X)
Esse galho tinha um broto,
ó que broto, belo broto,
ai, ai, ai, que amor de broto.
O broto do galho,
o galho da árvore...

A árvore da montanha ô leria ô   (4X)
 Esse broto tinha uma folha,
ó que folha, bela folha,
ai, ai, ai, que amor de folha.
A folha do broto,
o broto do galho,
o galho da árvore....

A árvore da montanha ô leria ô   (4X)
E assim por diante….
Árvore, galho, broto, folha, ninho, ovo, ave, pena, índio, arco, flecha, árvore….. 



17 - O MAR ESTAVA SERENO

O mar estava sereno,
sereno estava o mar
O mar estava sereno,
sereno estava o mar 

Vamos ver la luna, la luna, la luna (4x)
 
A mar astava sarana...
Vamos ver la luna, la luna, la luna (4x)

E mer esteve serene...
Vamos ver la luna, la luna, la luna (4x)

I mir istivi sirini...
Vamos ver la luna, la luna, la luna (4x)

O mor ostovo sorono...
Vamos ver la luna, la luna, la luna (4x)

U mur ustuvu surunu...
Vamos ver la luna, la luna, la luna (4x) 

18 - ACORDA ESCOTEIRO, ACORDA  

Acorda escoteiro acorda que o galo já cantou (2x)
Cantou cantou, cantou cantou cantou
Co córi , co ri co ri, co córi co ricó
  
Acorda escoteiro acorda que a ovelha já baliu (2x)
Baliu baliu, baliu baliu baliu
Memé, memé, memé, memé memé memé
Co córi , co ri co ri, co córi co ricó

Acorda escoteiro acorda que o boi já mugiu (2x)
Mugiu mugiu, mugiu, mugiu, mugiu 
Muu muu muu, muu muu muu
Memé, memé, memé, memé memé memé
Co córi , co ri co ri, co córi co ricó

Acorda escoteiro acorda que o gato já miou (2x)
Miou miou, miou miou miou
Miau, miau,miau,miau miau miau
Muu muu muu, muu muu muu
Memé, memé, memé, memé memé memé
Co córi , co ri co ri, co córi co ricó

Cachorro latiu ..

19 - ANDAR DE TREM

Andar de trem, ANDAR DE TREM
É bem legal, É BEM legal
Mas se puxar o Cordão, mas PUXAR O CORDÃO
Você para o trem, VOCÊ PARA O TREM
e o inspetor, E O INSPETOR
Se aborrecerá, SE ABORRECERA
E mandara, E MANDARÁ
Você descer do trem,  VOCÊ descer DO TREM

 (Cebolinha, inglês, russo, gaúcho) 

20 - BELA POLENTA 

Quando se pianta La bela polenta,
La bela polenta se pianta cozi.
Se pianta cozi.
Ô, ô, ô bela polenta cozi
Tcha tcha pum
Tcha tcha pum
Tcha tcha pum, pum pum pum

Troca por: Pianta, rega, cresce, flora, talha, colhe, moe, mexe, coze, manja e gusta.


21 - BANDEIRA (No Brasil não tem)

No Brasil não tem, No Brasil não tem
pano mais bonito que eu mais queira bem
pano mais bonito que eu mais queira bem
No Brasil tem muita mina, cada mina é um tesouro
É por isso que a bandeira tem metade cor de ouro 
No Brasil não tem, No Brasil não tem
pano mais bonito que eu mais queira bem
pano mais bonito que eu mais queira bem
A Bandeira brasileira tem no meio o céu pintado
Tem um céu com muita estrela, cada estrela é um estado

No Brasil não tem, No Brasil não tem
pano mais bonito que eu mais queira bem
pano mais bonito que eu mais queira bem
Quando há festa em cada mastro bate o sol numa bandeira
Quando há festa em cada mastro bate o sol numa bandeira
Fico todo satisfeito quando vejo a brasileira
Fico todo satisfeito quando vejo a brasileira

No Brasil não tem, pano mais bonito que eu mais queira bem
 
22 - CANÇÃO DA DESPEDIDA

Por que perder a esperança de nos tornar a ver?
Por que perder a esperança se há tanto querer?
Não é mais que um até logo, não é mais que um breve adeus.
Bem cedo, junto ao fogo, tornaremos a nos ver 

Com nossas mãos entrelaçadas ao redor do calor,
Formemos nesta noite mais um círculo de amor.
Não é mais que um até logo, não é mais que um breve adeus.
Bem cedo, junto ao fogo, tornaremos a nos ver
 
Pois o Senhor que nos protege e nos vai abençoar,
um dia, certamente, vai de novo nos juntar
Não é mais que um até logo, não é mais que um breve adeus.
Bem cedo, junto ao fogo, tornaremos a nos ver

Não é mais que um até logo, não é mais que um breve adeus.
Bem cedo, junto ao fogo, tornaremos a nos ver

23 - ALABUM XICABUM

Alabum Xicabum, Alabum Xicabum
Alabum Xicabum, Alabum Xicabum
Alabum Xicauaca Xicauaca Xicabum
Alabum Xicauaca Xicauaca Xicabum
Aha, Aha
Oh yeah, Oh Yeah
Mais uma vez…
 
 (bem alto, rindo, chorando, baixinho)               
  

24 - BONECO DE LATA 

O meu boneco de lata
Bateu a cabeça no chão
Levou mais de uma hora
Prá fazer a operação
Desamassa aqui para ficar bom

 (Nariz - Queixo - Mão - Cotovelo – Joelho)
  

25 - INGONIAMA
Ingoniama ingoniama invoblu
 Iabo iabo ingoniama
Ingoniama ingoniama invoblu
 Iabo iabo ingoniama

 
26 - CANÇÃO DE GILWELL


Eu era um bom lobo, Um bom lobo de lei.
Não estou mais lobando O que fazer não sei

Me sinto velho e fraco, Não sei mais lobar
Logo a Gilwell, Assim que eu possa eu vou voltar

Volto a Gilwell, Terra boa,
Lá um curso assim, que eu possa, vou tomar 


27 - CHALI GULI (GUIN GAN GULI) 

Chali guli, chali guli, chali guli, é umpa umpa umpa
Chali guli, chali guli, chali guli, é umpa umpa umpa

Guin-gan-guli, guli, guli, guli, Uápa,
Guin-gan-gu, Guin-gan-gu  (2x)
  
Ei-la, ei-la sheila,
Ei-la sheila, ei-la ô (2x) 
  

28 - O MANÁ

O maná do o o - O maná do o o
O iepe no no iê - O iepe no no iê
O iepe pe pe no no iê - O iepe pe pe no no iê
Ikidá apodilela - Ikidá apodilela
Gramanú - Gramanú
Apo a pá a po di pô - Apo a pá a po di pô
  
29 - QUEBRA COCO 

Quebra coco, Quebra coco, Na ladeira do Piá
Escoteiro quebra coco e depois vai trabalhar
 
Acredite se quiser, em cima daquele morro
Tem três metros de lingüiça, correndo atras de um cachorro
 
Já desci do pão de açúcar agarrado no barbante
Ariisquei a minha vida, mas salvei a bandeirante
 
Joguei meu boné pro alto, para ver onde caia
Caiu no colo da escoteira, isso mesmo que eu queria
 
Atravessei os setes mares, na folha de palmeira
Até fugi de tubarão, só para ver a pioneira 
  
30 - ROBOPAN 

Lobo robopan em La casa de Juan
Lobo robopan em La casa de Juan

Quen Yo? Si tu. 
Yo no
Entonces quien?
 
(escoteiro, senior, pioneiro, chefe)

31 - DANÇA DA PASTORA 

Eu sou a linda pastora que passeava pelo pomar.
Por isso que me chamavam: Linda pastora pa ram pam pam
Morena mexe a cintura - Morena mexe seu pom pom – Ulala 

32 - A CASINHA

Eu tenho uma casinha... Assim, assim
Que solta fumacinha... Assim, assim
Eu bato na portinha... Assim, assim
Eu lustro o sapatinho... Assim, assim

33 - HINO DA TROPA SÊNIOR

Letra: Rauber Soares

Ergam os bastões e vamos partir
Longo será o caminho a seguir
Nada no ar a não ser nossa voz
Nada será fácil para nós
Temos o escotismo como ideal
Seguimos os ensinamentos de BP
Nada que já não devamos saber
E que nossos corações devamos ter
Mas pouco importa o que vem a ser
Se tivermos um dia a quem dizer:

(refrão)
Queremos que a estrada venha sempre até nós
E que o vento esteja a nosso favor
Nas dificuldades que a Tropa Sênior
Seguem demonstrando o seu valor

Somos irmãos de todos vocês
Em terra, no mar, no ar, a brilhar
Os desafios se sucederão
Não sabemos o que esperar
Mas pouco importa o que venha a ser
Se tivermos um dia a quem dizer
(refrão)




34 - JOHNNY FURACÃO

Essa é a história de Johny Furacão,
Um cara que bem cedo desejou ser campeão,
Ele alimentava seu desejo profundo 
Johny queria ser o melhor do mundo,
Juntou dinheiro, O ano inteiro,
Até que resolveu comprar um carro,
Começou a treinar, E a se destacar,
E vai competir numa prova gigante,
Essa é sua chance de se tornar importante.
A corrida já vai começar,
Johny dispara em primeiro lugar,
Johny está na frente, Seu carro é diferente,
É muito mais potente 
Johny vai ganhar,  Não há como parar,
Já está pensando no que vai dizer,
Não pode aparecer chorando na TV...
 Tá tudo pronto  Não falta nada,
Só a vitória e o beijo na namorada...
Quando o carro quebra na curva principal,
Johny morreu,... Antes ele do que eu...

Quem acreditou nesta estória é um bobão
pois Johnny na verdade se tornou um Campeão!

35 - O PAI PATO

Lá vem o pai pato  Patinho! (Todos)
Lá vem mamãe pata, Patinho! (Todos)
Lá vem os patinhos,
 Patinho patinho patinho Quem-qüem
Patinho patinho patinho Quem-qüem
Cuidado pra não pisar ei,
Patinho patinho patinho Quem-qüem
Patinho patinho patinho Quem-qüem

Se pisar pode matar ei
Patinho patinho patinho Quem-qüem
Patinho patinho patinho Quem-qüem
 

36 - FLIM

Flim,
Flim Flai,
Flim Flai Flu,
Vista, Bela Vista,
Cumba lari cumba lari cumba lari vista
No no nono no vista
Mini mini uatcha mini mini uaua
No no nono ti uaua                      


37 - BOA NOITE PATRULHAS

Boa noite (patrulha),
Boa noite (patrulha)...
Que agora vamos dormir.
Bem alegres vamos indo,
vamos indo, vamos indo,
Bem alegres vamos indo,
sob um céu de anil.
 (o canto se repete p/todas as
patrulhas, chefia, fogo, etc.)
Todo Movimento
Todo movimento baila, baila
Com um dedo, um dedo, como o outro dedo
Todo movimento baila, baila
Com uma mão, uma mão, como a outra mão
 (pé, joelho, etc....)-

38 - DÁ-NOS FOGO AS TUAS CHAMAS

Dá-nos fogo, Tuas chamas
Dá-nos fogo, Luz e calor
As fagulhas da fogueira
Dançam, brilham pela noite
Qual estrela cuja esteira
Perde-se no ar.

39 - KUMBAIA

Kumbayah Senhor, Kumbayah
Kumbayah Senhor, Kumbayah
Kumbayah Senhor, Kumbayah
Oh! Senhor Kumbayah.

alguém canta aqui, Kumbayah
alguém canta aqui, 
Kumbayah
alguém canta aqui, 
Kumbayah
Oh! Senhor Kumbayah. 
(ri, chora,...) 
40 - GRITO SENIOR - MACHADO E FACÃO

Sou Escoteiro do Machado e do Facão
Sou Escoteiro de Coração
Nessa tropa não entre quem quer
Só quem pode já é tradição
Quem não crê e quiser duvidar

Pode vir aqui para comprovar!!!

Pode vir aqui para comprovar!!!

41 - LONGO É O CAMINHO

BIS:
Longo é o caminho, longo, longo.
Mas andaremos sem parar.
Duro é o caminho, duro, duro.
Cantaremos para não cansar.

E andaremos horas inteiras,
Sob o sol forte de verão.
E pisaremos sobre a poeira,
Que se eleva fina do chão.

Longo é o...

E se os espinhos que bordam a
Estrada
E se o cansaço nos ferir,
Que nossa voz se eleve mais forte,
Para mais alegria sentir

Longo é o...

E se a estrada é longa, imensa,
Não poderemos esquecer
Que ela nos leva a luz, alegria,
Verdade, ideal de viver

Longo é o...


42 - HINO ATIVA

É RAÇA, É GARRA, É UM TESÃO
SER SENIOR, SER SENIOR, É MUITO BOM

A tropa sênior ataca, massacra
Impõe o seu valor,

Não tem medo da morte, essa seção
Só faz horror,

Nós somos tropa sênior,
Nosso lema é vibração,
Estamos sempre juntos pra cumpri r
Qualquer missão,

É sênior, Brasil,
Acima de tudo,
Abaixo de nada,

Ativa, unida e destemida
A nossa preferência será sempre
A TROPA SÊNIOR

A tropa sênior, sênior é, é que é bacana
A tropa sênior, sênior é, é que é legal
Ser sênior hei, é que é bacana
Ser sênior hei, é que é legal.


43 - HINO TROPA SENIOR AÇÃO

Ao nosso grupo escoteiro damos nosso coração
Nós somos tropa sênior nosso nome é Ação
Acampamentos, caminhadas sem medo de morrer
Curnpriremos as jornadas este é nosso dever

FORÇA, CORAGEM, DETERMINAÇAO
PROEZA, DESTREZA, CUMPRIR UMA MISSAO
NA VIDA, NA MORTE, OUTRA ENCARNAÇAO
TROPA SENIOR É AÇÃO

Por nosso objetivo um mundo bem melhor
Recebemos incentivo dessa Fornia Maior
Pessoas de valor que trabalham sem cansar
Trabalham com Amor até depois de o sol baixar


FORÇA, CORAGEM, DETERMINAÇAO
PROEZA, DESTREZA, CUMPRIR UMA MISSAO
NA VIDA, NA MORTE, OUTRA ENCARNAÇAO
TROPA SENIOR É AÇÃO

44 - ACAMPAMENTO ESCOTEIRO

Mochila as costas, bastão na mão,
E os escoteiros alegres estão
Cantando estão cantando estão’.

0 acampamento começou, e os
Escoteiros alegres estão
Cantando estão cantando estão’.

Montar barraca é diversão, e os
Escoteiros alegres estão
Cantando estão cantando estão’.

Fazer comida num bom fogão, e os
Escoteiros alegres estão
Cantando estão cantando estão’.

Jogar, correr e muita anão, e os
Escoteiros alegres estão
Cantando estão cantando estão’.

Fogueira alta é reunião, e os
Escoteiros alegres estão
Cantando estão cantando estão’.

Céu estrelado e um bom colchão, e
Os escoteiros cansados estão
Dormindo estão dormindo estão'.




45 - ADEUS MONTES E VALES

Adeus montes e vales queridos
Onde doces momentos passei

Adeus campos e bosques floridos
Logo e sempre aqui voltarei

Este céu é urna imensa barraca
Pois é Deus nosso chefe geral

Este sol é lanterna diurna
Nossa Vida é Luz Natural

46 - PÕE TUAS MÁGOAS NO BORNAL

Põe tuas mágoas no bornal, e vamos
Rir, rir, rir.
Por que ligar só para o mal, Por quê?
Isto não resolve!
Para que preocupações?
Não trazem soluções, logo,
Põe tuas mágoas no bornal, e vamos
Rir, rir, rir.

47 - PASSO FIRME

Passo firme, o rnateiro,
De mochila a caminhar
Corno todo escoteiro,
Tem vontade de acampar.

Nestas matas e no céu azul,
Nesse Rio Grande do Sul
Vão unir o escotismo e saudar,
Sempre Alerta ao chegar
Sempre Alerta ao chegar

Nessas atas, nesses campos, nessa
América em paz
Se encontram plantando jamboree
Pan-americano aqui
Pan-americano aqui


48 - HEY-A-LEIA

Hey-a-leia
Amassa Tikatonga
Amassa-massa-massa
Hey, aye, Sênior e guia chegou!!!

49 - QUANDO SE QUER O FRIO ESPANTAR

Quando quer o frio espantar põe-se
Os cavalos todos a trotar
Cavalos trotando, 1 pata

Quando quer o frio espantar põe-se
Os cavalos todos a trotar
Cavalos trotando, 1 pata, 2 patas

Quando quer o frio espantar põe-se
Os cavalos todos a trotar
Cavalos trotando, 1 pata, 2 patas, 3 patas

Quando quer o frio espantar põe-se
Os cavalos todos a trotar
Cavalos trotando, 1 pata, 2 patas, 3 patas, 4 patas

Quando quer o frio espantar põe-se
Os cavalos todos a trotar
Cavalos trotando, 1 pata, 2 patas, 3 patas, 4 patas, a cabeça

Quando quer o frio espantar põe-se
Os cavalos todos a trotar
Cavalos trotando, 1 pata, 2 patas, 3 patas, 4 patas, a cabeça, o corpo

50 - SENIORIA

SOLO - Senioria, senioria
CORO - Vai levando, vai levando
SOLO - Vai levando, vai levando
CORO - Senioria, senioria
SOLO - Se não é a maior
CORO - Tem que ser a melhor
SOLO - Cada sênior daqui vale por 10
CORO - Vale por DEZ!!

SOLO - Senioria, senioria
CORO - Vai levando, vai levando
SOLO - Vai levando, vai levando
CORO - Senioria, senioria
SOLO - Se não é a maior
CORO - Tem que ser a melhor
SOLO - Cada sênior daqui vale por 100
CORO - Vale por CEM!

SOLO - Senioria, senioria
CORO - Vai levando, vai levando
SOLO - Vai levando, vai levando
CORO - Senioria, senioria
SOLO - Se não é a maior
CORO - Tem que ser a melhor
SOLO - Cada sênior daqui vale por 1000
CORO - Vale por MIL!

51 - SENIOR NO INFERNO

Tropa Sênior foi pro inferno
Atentar o satanás
Missão louca corno essa
Só um Sênior é capaz
O capeta muito louco
Saiu correndo em desespero
"fecha as portas do inferno,
Que aí vem a tropa Sênior
Se eu morrer e não for pro céu
Eu desço ao inferno de rapel
E se no inferno eu me der mal
Eu volto ao mundo de comando craw
Do diabo corno a carne
Jogando os ossos para trás
E o cão arrependido
"Tropa Sênior nunca mais"
A fogueira do inferno
Nós viemos apagar
E o capeta injuriado
Começou a reclamar
"não apague o fogaréu"
Foi pedido, por favor,
"no inferno não faz frio
“Nós não termos cobertor”
Esta estória muito louca
É só mais urna provação
Pra que um dia você seja
Um sênior de coração

52 - ALVORADA ESCOTEIRA

Amanheceu o céu é todo anil, Alerta, Alerta 
De pé pelo Brasil, pelo Brasil
Alerta oh escoteiro, sempre Alerta
De pé pelo Brasil, pelo Brasil