HOTEL ESCOTEIRO

HOTEL ESCOTEIRO
cada foto tem uma história

terça-feira, 23 de agosto de 2016

Cantos de Patrulha.


Conversa ao pé do fogo.
Cantos de Patrulha.

               Cantos de patrulha seria em tese o local onde a patrulha se reúne para: Adestrar seus patrulheiros, discutir temas de interesse da patrulha, aprovar ideias sugestões ou mesmo discutir programas de reuniões, datas de atividade etc. Utilizado também para formalizar normas disciplinares que devem ser levados a Corte de Honra. Hoje em dia e porque não dizer no passado nem sempre as sedes dos Grupos Escoteiros tem o espaço suficiente para que cada patrulha seja escoteira ou Sênior tenha seu canto. Lembremos também da Gruta dos Lobos e a Roca do Conselho. Claro se houver um Clã eles também têm direitos de ter sua Caverna Pioneira. Em síntese é um tema que deva ser bem discutido no Conselho de Chefes de Grupo, e quem sabe escolher dois ou três chefes que decidirão aonde cada equipe ou sessão irá se posicionar. Conheço Grupos que quando construíram sua sede própria já previram os cantos das Sessões Escoteiras.

                   As figuras em anexo mostram algumas sugestões aqui no caso somente para patrulhas Escoteiras e Sênior:
- Quando não há um espaço próprio para o canto de patrulha, pode-se ter um sistema de armário que, de um momento para o outro, se pode transformar num canto de patrulha com mesa, bancos, painéis, etc., com decoração ao estilo da tua patrulha Os bancos podem ser caixas de arrumação, o que dá muito jeito para guardar o material de campo. (vide foto anexa).

- Com placas de compensados pode-se construir uma mesa e vários bancos que, ao mesmo tempo, servem para arrumação de equipamento. Podes decorá-los com as cores e o animal totem da patrulha. Numa das extremidades da mesa podes colocar um suporte para os bastões. (vide foto anexa).

- Dois cantos de patrulha com fachadas bastante diferentes. No da esquerda, são usados troncos para forrar a fachada, enquanto que no da direita são usados bambus ou bastões de mimosa ou acácia. Em ambos fica bem visível a que patrulha pertence, através do animal e das cores respectivas. É feito um aproveitamento por cima dos cantos, que pode servir para arrumações ou para pernoitar. (vide foto anexa).

- Para quando há bastante espaço, pode fazer-se um canto em forma de tipi, as tendas dos índios americanos. O pano a usar deve ser resistente, tipo lona (podes aproveitar a lona de barracas antigas inutilizadas), sendo pintado e decorado com motivos escoteiros, as cores da patrulha, o animal totem, sinais de pista, a flor-de-lis, etc. Este tipo de canto tem a desvantagem de, no interior, dar pouco aproveitamento.

- Além dos cantos de patrulha dentro da sede escoteira, cada patrulha também tem outro no pátio para nos dias de reuniões trocarem ideias, discutir um jogo ou mesmo adestrar conforme instruções dos chefes ao monitores. Neste caso basta uma banqueta, quem sabe feita pelo próprio Escoteiro que no final da reunião a recolhe dentro da sede em local previamente designado.

Sei que muitos Grupos tem espaço reduzido, mal cabendo uma pequena sala e um almoxarifado (os cantos de patrulha sempre mantem seus materiais em caixotes próprios ou sacos de patrulha).

Espero ter dado sugestões aos novos chefes, pois sei que os antigos já fazem assim ou então com melhores ideias das que aqui publico.

Abraços fraternos.