HOTEL ESCOTEIRO

HOTEL ESCOTEIRO
cada foto tem uma história

quinta-feira, 13 de outubro de 2016

Putz Grila, vai ser a festa do ano!


Conversa ao pé do fogo.
Putz Grila, vai ser a festa do ano!

                       Pois é meu dia chegou e eu nem esperava. A Caixa Econômica ligou dizendo que eu tinha ganhado milhões e milhões de reais. Eram tantos que ela pedia minha presença para ajudar a contar. Corremos eu e Célia logo ao amanhecer do dia para uma filial mais próxima. Não sei como, mas eles nos mandaram buscar. Um carro enorme de vidros fumê a prova de balas nos esperava. Oito agentes secretos da caixa a nos escoltar. Eu não sabia se gostava ou não. Sempre fui feliz sendo pobre e agora? Célia fazia planos. Deixei-a voar nas asas da imaginação. Ela me olhou com aqueles olhos que sempre amei e disse: Marido e agora? Eu sorri para ela. Não tinha respostas. Precisava pensar. Fomos tratados como reis na Caixa Econômica. Tinha até um bilhete do Temer nos parabenizando e dizendo para comprarmos a Petrobrás. Seria tanto dinheiro assim? Eu é que não iria me meter nesta cumbuca! Tem gente demais de olho nela... rs, rs, rs, rs.

                      Ficamos seis horas na Caixa. Chamei os filhos e cada teve o seu bom bocado. Foi então que vi o quanto sobrou para mim. Tirei só dez por cento para viver e o restante comprei Letras do Tesouro Nacional para com os juros ajudar as crianças doentes do mundo. Era muito dinheiro. Pedi ajuda a Viviane Sena. Ela tem uma ONG só para isto. Meus dez por cento passava de cinquenta milhões de dólares. Só se falava em dólares e em euros. - Célia vou ajudar a todos os grupos humildes. Sede própria e material completo para as sessões. Certo marido, mas você tem de se organizar. Abrir um escritório, contratar funcionários e duas secretarias Escoteiras. – Putz! A coisa estava complicando. Queria ajudar e não arrumar mais problemas para mim. Em casa cinco telegramas. Um do Denzel Washington se oferecendo para organizar a noite de autógrafos. O que? Ah! Eram meus livros que seriam publicados. Capa dura, letras em ouro. Folhas de linho indiano. Denzel na sua maneira humilde disse que se responsabilizaria pela festa. Poxa! Como ele sabia que eu ia fazer meus livros?

                      Sandra Bullock me telefonou. Queria ajuda para um novo filme com o Nicolas Cage.  Chefe é uma historia de uma Chefe escoteira que abandona o grupo e vai ser diretora na Escoteiros do Brasil! – Putz. Não gostei do enredo.  Acho ela linda, mas prefiro a Julia Roberts e a Nicole Kidman. Paulo Coelho se ofereceu para enviar a uma editora especializada para produzir meus livros. Não iria discutir quanto gastaria. Paulo pague o que eles pedirem. Nada de regatear! Só exigi letras bordadas em ouro. Iria distribuir de graça a todos os membros do escotismo ou até mesmo os que nunca foram. Os grandões da UEB não iam ter colher de Chá. Ou pagavam ou iam ler na Cochinchina. Os telefonemas não paravam. Vin Diesel e Keanu Reeves se prontificaram a abrilhantar a festa. Sylvester Stallone e Arnold Schwarzenegger iriam ficar de sentinela na porta. Mel Gibson se ofereceu para dar aquele sorriso malandro que só ele sabe dar e conquistar as chefas escoteiras.

                       Célia sugeriu chamar o Jackie Chan e o Jet Li para ficar na porta dando as boas vindas. Poxa, a festa seria demais. Iria pagar as passagens de todos que quisessem vir. Vinte Boeing da Azul da LATAN e da GOL estariam à disposição de todos que quisessem participar em todos os aeroportos do Brasil. Ninguem iria gastar nada. Iria reservar 5.000 quartos nos melhores hotéis da cidade. Seria a festa escoteira de todos os tempos! Paguei os tubos para o André Rieu e sua orquestra estarem presentes. Roberto Carlos, Dana Summer, e alguns pagodeiros iriam ser contratados apesar de não fazerem meu forte. Ia ter dança ia ter fogo de conselho em um enorme salão no Centro de Eventos do Anhembi. André prometeu valsas vianenses e para terminar ele iria fazer um arranjo especial de Auld Lang Syne (a canção da despedida). Ele contratou a Royal Scots Dragoon Guards só para tocar a canção de todos os tempos. Eles são o máximo.

                   Tudo caminhava bem. Programação a lá escoteira perfeita. Angelina Jolie e Brad Pitt se ofereceram para serem os anfitriões e estarem de uniforme Escoteiro. A coisa começou a complicar quando o Renan Calheiros e o Rodrigo Maia pediram para trazer duzentos deputados que se dizem da Frente Parlamentar escoteira. Um tremendo de um papo furado. Vários deles no supremo a pedido da Lava Jato. Soube que o Cunha queria vir. O Lula e patroa também. Mandei um convite para Sérgio Moro. A presença dele era garantia de muitos pilantras não aparecerem. Melhor me prevenir se estavam querendo bagunçar minha noite de autógrafos. Liguei para Will Smyth e Bruce Willis. Preciso de dois seguranças dos bons. Aceitaram na hora. Recebi um telefonema do português Presidente da WOSM. Queria participar. Gente fina. Sempre será bem vindo!

                    Randall L. Stephenson da Boy Scout of America disse que iria trazer toda a cúpula escoteira americana. E não é que Bear Grylls mandou um recado que viria e que ia convidar o Principe William e o Principe Harry e seus consortes para virem também? Se eles querem vir quem sou eu para ir de encontro às raízes de Baden-Powell. Eu sabia que iria ficar junto aos meus amigos do escotismo. Sem fronteira. Qualquer um de uniforme ou simpatizante tinha entrada livre. Os da vestimenta também desde que com a camisa dentro da calça. Amo meus amigos do face. Tudo ia nos conformes. Reservei duzentos lugares no presídio do Tremembé para os figurões os escoteiros. O grande dia chegou. Congonhas e Cumbica cheia de jatos. Dezenas de ônibus de luxo estavam lá para transportar os convidados. Nove da noite. Com minha nova bengala feita de pau de goiabeira estava na entrada de calça curta, caqui, nos trinques e meu chapelão Escoteiro. Fiz questão de colocar meu penacho azul e minhas jarreteiras verdes.


                   Dizem que tudo que é bom dura pouco. A Celia me cutucava. Marido! Marido! Está na hora do nosso Culto no Lar. Acordei esfregando os olhos. Bem pelo menos não estava apanhando e nem lutando com os chefões da UEB. Gente que turminha danada. Colocaram no Google que só eles podem fazer escotismo no Brasil. Quanta prepotência! Ainda não se tocaram? Escotismo é para todos e Baden-Powell não deu procuração a ninguém!