HOTEL ESCOTEIRO

HOTEL ESCOTEIRO
cada foto tem uma história

terça-feira, 27 de dezembro de 2016

Um Dirigente Escoteiro foi para céu.


Fábulas Escoteiras.
Um Dirigente Escoteiro foi para céu.

                   Morreu um Dirigente Escoteiro e ele foi direto aos portões do céu. É sabido que os chefes, Dirigentes Presidentes e Assessores, pelo seu ser e fazer, pela sua bondade e amor tem seu lugarzinho no céu. Afinal eles merecem pelo seu trabalho junto à juventude mundial. O Chefe Escoteiro era um dirigente da UEB e vocês sabem como são eles. Acham-se melhores que os outros e que sabem de tudo e não dão satisfação a ninguém. São Pedro calmamente procurou em seu arquivo, mas viu que o computador não funcionava e tudo estava um pouco defasado e desorganizado. Revirou pilhas de papéis não achou o nome dele. O céu ainda tinha um hacker escoteiro especializado para dar um jeito na escrita do Senhor e eles não tinham a mínima ideia do famoso SIGUE que muitos exaltam na terra escoteira. São Pedro então disse: - Desculpe-me dirigente, você não está na lista. O Dirigente Escoteiro vermelho de raiva, pois não gostava de ser contrariado e como era um bom cumpridor de ordens (Ui, ui - risos) no passo Escoteiro pegou seu bastão (?) e partiu para a porta do inferno.

                 Esfregando a mão de satisfação o diabo rapidamente deu-lhe o melhor alojamento queimante. Passado pouco tempo o Dirigente Escoteiro se cansou de sofrer as misérias do inferno, reuniu vários amigos escoteiros que não fizeram seus deveres para com Deus e confabularam bastante. Projetaram uma nova associação nos moldes que tinham na terra. Nele incluíram o MEU SIGUE, O MACPRO, e um sistema de rodizio para sempre continuarem na liderança Inferniana. Um novo choque de gestão um plano de trabalho anual, estatutos, competência de liderança (deles é claro) construíram nova sede nacional criaram regiões nos inferninhos e contratou um bom cobrador de impostos para fazer crescer o caixa do inferno. Não se esqueceu do campo escola, pois os cursos eram uma boa fonte de renda. Criou uma nova vestimenta, mais moderna a prova de fogo e quando ficou pronta montaram um grande espetáculo de um Faschion week para exibi-lo aos novos candidatos infernianos.

                O diabo esfregava a mão de contente. Ria de satisfação pela nova capetada uniformizada que surgia no seu inferno de coração. Ele sabia que ali ninguém iria reclamar cargo e nem salario. Afinal para que serve os infernianos voluntários? A coisa crescia e até mesmo o projeto de dez anos de crescimento foram implantados. Viu com alegria que os cursos ali aplicados eram melhores que os de Gilwell Park. As taxas altíssimas eram pagas ao pé da letra. Não pagou? Jogava-se o caloteiro no elevador que o levava as “prefundas dos infernos”. Como ainda não tinham uma grande organização como a WOSM eles criaram uma. CUJSV (Capetada unida jamais será vencida). Na sede Nacional próxima a entrada dois do inferno mandou instalar ar condicionado, banheiros automáticos, escadas rolantes, departamento de ciência da computação, cobertura no pátio para formaturas, recuperação de registros dos associados com atrasos de pagamento, círculos de leitura e análise, diagnóstico de todos os tipos, várias atividades de desenvolvimento.

               Nomeou Diretores, assistentes, formadores, distritais, treinou a sua maneira os APF para serem seus olhos e ouvidos entre a plebe do inferno. Distribuiu bolsas de estudos aos jovens, deu a eles festivais, aventuras mil etc., etc. Nunca usou o método Badeniano para ele atrasado e ineficaz. Tudo era feito para arrecadar o máximo. E assim o Presidente Chefe Escoteiro se tornou a aquisição mais rentável em milhões de anos para o inferno.

                   Um dia, Baden-Powell que tinha uma organização similar na estrela do Bem querer, chamou o diabo pelo telefone celular e com tom de suspeita perguntou: - O que estão fazendo aí no inferno?

                    - Estamos crescendo general, quase dez por cento ao ano. Já superamos tudo que se conhece em organizações “capetais” do passado. Logo chegaremos aos cem mil disse o Diabo. Agora temos metodologia moderna, certificados para tudo, comissões para analisar os prêmios, condecorações dos mais chegados da corte, grandes atividades nacionais, Jamborees Camporees, Ajuris e o escambal. E olhe General todas pagas com dinheiro ou cartão de credito que combinamos com a filial da Credicard Inferniana. Agora temos sensores infravermelhos, Barracas infláveis a um simples toque, fogueiras de todos os tipos, energia em toda a área abrangida pelo inferno. Temos também Internet, cantinas novos distintivos, novas vestimentas a prova de fogo e o escambal. E o preço oh! A cada dia mais e mais gente quer vir para o inferno.

                    As inscrições aumentaram depois que demos uma medalha de honra ao Mérito para São Pedro, ele pagou sem pestanejar cem pratas e está rindo até agora de satisfação. Já está sonhando com o Tumbir de Prata a nossa mais alta condecoração. Gostou do SIGUE que faz aqui grande sucesso. Querendo conversar comigo mande um email para eldiablofeliz@infierno.com. Pois estou sempre na internet. – Baden-Powell perguntou então: - Vocês não tem um Dirigente Escoteiro aí não? - Como é? –respondeu o diabo. Tentou esconder, pois foi a melhor aquisição em bilhões de anos. – Baden-Powell desconfiado disse: - Isso foi um erro terrível! Nunca deveria ter ido parar ai um Dirigente escoteiro! Primeiro ele tem de passar por uma reciclagem aqui no céu e se não mudar aí sim mando ele prás prefundas do inferno! Isto está escrito e sacramentado no POR. - Mande-o voltar imediatamente!

- Ô lôco! - disse o diabo. 
- Mande ele de volta urgente sua besta eu exijo! Gritou Baden-Powell com raiva.
- E o diabo dando uma tremenda gargalhada respondeu:
- Ah sim? E, por curiosidade, aonde você vai conseguir um advogado para a causa que vou levar para a comissão de ética do Universo se a maioria dos ministros do Supremo estão todos aqui? 


MORAL: Há que ter compreensão com o Dirigente escoteiro, amá-lo e agradecer pela sua paciência. Um Dirigente é um pai de todos nos. Sabe o que precisamos e nem precisa nos perguntar. Ele não vê só um mundo, Ele sempre quer transformá-lo em um mundo melhor não importa onde. Ele acredita que é perfeito nas suas ideias como sabe que é um privilegiado. Quanto aos advogados é melhor calar. Kkkkkkk.