HOTEL ESCOTEIRO

HOTEL ESCOTEIRO
cada foto tem uma história

domingo, 25 de junho de 2017

“Palavra de Escoteiro” e o exemplo pessoal.


Conversa ao pé do fogo.
“Palavra de Escoteiro” e o exemplo pessoal.

             Até hoje se vê em meios de publicação na imprensa falada escrita e televisada alguém simplesmente dizer afirmando que o que diz é verdade: “Palavra de Escoteiro”. É um bordão que identifica nosso movimento como exemplo para todos os humanos que negam sua responsabilidade perante a Sociedade. Alguns estudiosos definem o termo “Palavra de Escoteiro” como de um membro participante do Movimento Escoteiro, aventureiro, explorador, cidadão consciente de suas responsabilidades com a sociedade e o meio ambiente, ser humano responsável por seu próprio desenvolvimento físico, social, intelectual, afetivo, espiritual e, principalmente, de caráter. Caio Vianna Martins foi um grande escoteiro, seus atos honram sua memória.

              Aproveitei este tema para também comentar sobre outros importantes do nosso exemplo pessoal que podem definir nosso objetivo na formação da juventude escoteira:

Caráter:
- É o conjunto das qualidades, boas ou más, de um indivíduo lhe determinam a conduta e a concepção moral; seu gênio, humor, temperamento, este, sendo resultado de progressiva adaptação constitucional do sujeito às condições ambientais, familiares, pedagógicas e sociais.

Honra:
- É um princípio de comportamento do ser humano que age baseado em valores bondosos, como a honestidade, dignidade, valentia e outras características que são consideradas socialmente virtuosas.

Ética:
- É um conjunto de conhecimentos extraídos da investigação do comportamento humano ao tentar explicar as regras morais de forma racional, fundamentada, científica e teórica. É uma reflexão sobre a moral.

Moral:
- É o conjunto de regras aplicadas no cotidiano e usadas continuamente por cada cidadão. Essas regras orientam cada indivíduo, norteando as suas ações e os seus julgamentos sobre o que é moral ou imoral, certo ou errado, bom ou mau.

             Acredito ser a hora certa para mostrar a sociedade que somos capazes de dar aos jovens tudo isto que citamos e muito mais. O país passa por uma grave crise ética e moral. Precisamos estar imbuídos no nosso papel de educador, de forma a dar os exemplos que os jovens precisam para seguir os passos dos seus chefes e com isto darmos a eles muito mais que esperam de nós. Pensemos que além dos pais nosso papel de Chefe escoteiro é um dos mais complicados que vamos aprender ao longo da vida, posto que ter um filho ou um jovem sob sua supervisão implica, entre outras coisas, uma felicidade extrema e um esforço constante para sua educação e seu crescimento como pessoa.

            É importante pensar que como pais ou como um Chefe nossa figura será provavelmente o maior exemplo, o maior ponto de referência, que nossos jovens irão ter na vida. Dizem os filósofos que a maioria das crianças e jovens ouve o que dizem a elas, algumas inclusive fazem o que é dito, mas todas elas fazem exatamente o que seus pais e chefes fazem. Os anos da infância e adolescência trazem muitos desafios para a vida dos jovens. Isso se dá desse modo porque são etapas da vida que eles começam inserir-se em uma família, a conhecer os costumes e culturas especificas e a forjar o que podem ser seus futuros valores e princípios.

           Antes de mostrar aos nossos jovens os valores que esperamos deles, seja do caráter da honra da ética ou da moral, devemos lembrar que eles prestam atenção em tudo que dissermos a elas. Se nosso conselho ou nosso exemplo sobre qualquer aspecto fizermos o contrário, provavelmente eles nos copiarão. Nem sempre tudo será aceito e podemos até mesmo como pais ou chefes receber recriminações, pois se não agirmos conforme a lição que apregoamos eles sentiram que nossas ações e atos mostram que somos frágeis e também temos defeitos.


                Pense antes de agir ou de aconselhar se você é realmente a pessoa capaz que dá o exemplo e espera que tudo que disser seja de fato seguido pelo jovem para sua futura formação nos princípios escoteiros. Se acreditarmos que podemos colaborar que sejamos dignos de nossa palavra e de nosso exemplo. Finalmente acredite dar o exemplo não é a melhor maneira de influenciar os seus jovens. É a única!

nota: Sigamos o exemplo do poeta que disse: - Seja o exemplo de tuas palavras e haverá um momento em que não precisarás dizer nada sobre coisa alguma. Tuas atitudes falarão por ti! Afinal nunca esqueçamos que o escoteiro tem uma só palavra e sua honra vale mais que sua própria vida!