HOTEL ESCOTEIRO

HOTEL ESCOTEIRO
cada foto tem uma história

quinta-feira, 6 de julho de 2017

A patrulha dos Monitores.


Conversa ao pé do fogo.
A patrulha dos Monitores.

                  Todos nós, que fomos ou somos Chefes de tropa escoteira, seja masculina ou feminina, temos um carinho especial pelos nossos monitores. Claro eles são a razão e a alma do sucesso da tropa. Eles são diferentes, mais adestrados e os que estão mais próximos a nós. Afinal é com eles que falamos, damos diretrizes ensinamos e ouvimos o que tem a dizer. São eles os nossos olhos e ouvidos junto aos demais escoteiros. Isso não cabe nenhuma dúvida. E são mesmos os responsáveis diretos para o adestramento da sua patrulha com a ajuda do Sub Monitor. Sabemos que todos os chefes sabem das vantagens de ter bons monitores e isso faz com que o crescimento progressivo não perca solução de continuidade. Se o monitor e o sub estão bem adestrados eles podem colaborar nas etapas e fizer com cada um de sua Patrulha conquiste o seu crescimento com mais facilidade.

                  O Chefe e Assistente de uma tropa escoteira sabe da importância de ter um bom relacionamento de respeito com eles e valoriza a Patrulha de Monitores como meio de adestrá-los e desenvolver não só a Patrulha como a tropa. Essa patrulha é formada por todos os monitores e Submonitores. Nesta patrulha o chefe é o monitor dos seus monitores. É uma patrulha organizada somente para o adestramento e formação. Costumam ter (sem caráter de obrigação) a mesma organização de uma patrulha na tropa. Nome, grito, Bastão totem, materiais de campo e sede, livro de ata, e divisão de encargos na patrulha. O Chefe procurar formar não só o todo, mas como a individualidade se preocupando que o companheirismo é a única forma do crescimento e formação.

                 Quando temos uma patrulha de monitores funcionando visando o desenvolvimento da tropa, ela atinge com mais facilidade a aplicação do método e da formação individual. É nesta hora que o chefe tem pleno potencial de desenvolver suas aptidões, e inclusive tem a oportunidade de aprender juntamente com eles não só as técnicas de campo como o desenvolvimento do adestramento de todos os patrulheiros. Normalmente uma vez por mês a Patrulha de Monitores se reúne e ali as formalidades são mínimas e a fraternidade impera com mais lealdade. Lembramos que não é uma Corte de Honra nem Conselho de Monitores. Nunca deve coincidir com as reuniões normais da Tropa Escoteira e atividades afins.

                Uma boa programação anual deve ser feita, contendo datas, atividades ao ar livre, aventureiras e com fins e objetivos determinados e sem prejudicar o programa da tropa e do grupo. E bom manter a tradição sempre com seu Grito de Patrulha seu lema e a importância de cada um no seu respectivo cargo na Patrulha. Conheci patrulhas de monitores que se revezam a cada seis meses. Atividades sociais devem ser incrementadas. Uma ida ao cinema, um passeio em um parque, a outros grupos escoteiros, visita a museus e lugares históricos. Não esquecer que nestas atividades sociais a apresentação, a uniformização é ponto de honra. A possibilidade de mostrar a comunidade que somos um movimento de jovens responsáveis.

               O marketing nesse caso é benéfico não só ao movimento como também o fator cidadania. Os assistentes também participam como irmãos mais velhos na patrulha. Podem e devem substituir o chefe da tropa em casos de necessidade. A divisão do trabalho facilita a todos. Devemos dar maior liberdade aos monitores e subs, sem interferir na programação a não ser para prováveis tomadas de rumo dentro de um programa pré-determinado. Não esquecer que o campo é onde podemos aplicar mais a metodologia escoteira. Assim o treinamento de barracas, cozinhas, fossas, uso do material de sapa, aprender a afiar, cordas e suas utilidades, pistas mais avançadas, ver sem ser visto e sinalização por Morse e semáforas dão bons resultados na motivação de cada um.

                 Quando temos bons monitores bem adestrados qualquer acampamento se torna um sucesso não só pela experiência deles como a transferência de seus patrulheiros. A técnica escoteira sempre trás melhores conhecimentos e motivação, sem esquecer que a monitoria é responsável pela confraternização entre eles. É importante saber que o Chefe pode adestrar diretamente aos seus monitores, mas em um acampamento de patrulhas ele é somente um observador. Quem tem bons monitores e subs monitores sabe o prazer em acampar por vários dias. Tudo sai a contendo. O cerimonial, as montagens de campo de Patrulha, as pioneirías e até mesmo ver como eles se portam com a conservação da natureza.

                  Quem tem bons monitores sabe o valor de vê-los em ação em uma inspeção matinal, nos cerimoniais de bandeira, a conservação da natureza, a maestria das fossas, pioneirías básicas, uso da lona, toldos e tantos outros que serão criados por eles já que deixam para trás o amadorismo que muitos ainda permanecem nos acampamentos. Bons monitores são sinônimos de sucesso não só quantitativamente, mas também qualitativamente. O Chefe deve estar atento no zelo realizado para que não haja solução de continuidade. O chefe e os assistentes são os amigos mais próximos de seus monitores e subs monitores aprendendo com eles a conhecer os lideres da patrulha, seus anseios. Ele confia e sabe da responsabilidade de todos eles dentro e fora da sede. Boletins escolares, deveres para com Deus, obediência aos pais, Lei Escoteira são objetivos que não devem ser esquecidos.


                  Quem não tem esta Patrulha especial não poderá conhecer o verdadeiro sucesso na formação de seus escoteiros na tropa. Não existe escotismo sem atividades de campo, boas jornadas excelentes atividades aventureiras. Não esquecer que junto aos seus monitores o Chefe passa a ser um deles, mas na tropa o verdadeiro herói, o aventureiro não é ele e sim o escoteiro. Se você ainda não tem, forme logo sua patrulha de monitores. Vai se surpreender com os resultados. Monitores é a alma do negócio como diziam os famosos instrutores do passado. Não é um trabalho de uma noite e sim um trabalho árduo constante. - Bons monitores, boas tropas, boas tropas sucesso garantido na formação escoteira!



Nota - Se você ainda não tem organize já. Não perca tempo. A Patrulha de Monitores é essencial para o desenvolvimento da Tropa. Ninguém discute que os monitores são a parte mais importante para uma Tropa perfeita nos seus ideais escoteiros. Esta é a hora de conversar, trocar ideias, aprender com eles e ensinar. Bom demais em um acampamento, em volta de uma fogueira, um papo gostoso, umas canções e histórias que marcam muito cada um dos presentes. Patrulha de Monitores, ideal para quem quer confiar e ouvir e formar mais seus jovens.