HOTEL ESCOTEIRO

HOTEL ESCOTEIRO
cada foto tem uma história

sábado, 20 de maio de 2017

Você sabe dizer: - Muito obrigado?


Conversa ao pé do fogo.
Você sabe dizer: - Muito obrigado?

                Pensei em escrever outro artigo, mas uma Chefe me disse que em seu Grupo Escoteiro eles abusam da palavra Muito Obrigado. Fiquei feliz em saber. Bom isto. Se somos um movimento fraterno isto seria uma obrigação. Se todos pudessem abusar em todas as reuniões, em todas as atividades e dizer muito obrigado seria um pequeno passo para uma fraternidade sem igual. Uma palavra que poderia ser a chave do sucesso para nós escoteiros. Não acreditam? Pois saiba que saber dizer Muito obrigado é o segredo do sucesso! Simples não? Poderão dizer - Claro que sempre agradecemos. Não sei. Dizem que o escoteiro é Cortez e acredito nisto. Mas quantos carrancudos prepotentes e donos da verdade nós temos? Afinal não somos uma espécie de lideres aonde os jovens nos vêm como exemplo? Dizem que tem muitos esperando elogios. Seria este o motivo para estarmos trabalhando com uma juventude que espera muito de nós?

              De uma coisa eu sei. Somos chefes e não somos Deus! Desculpe. Alguns falam tanto que até parece que somos onipotentes. Pode ser que nós chefes somos tudo isto que descrevem, mas cá entre nós, estamos aqui porque gostamos. Porque nos sentimos bem. Porque faz parte das nossas vidas. Porque no final de tudo o escotismo se tornou parte de nós. Mas isto está nos colocando uma espécie de “amnésia” do que acontece em nossa volta. Deixamos de ver os erros, dos passos dados para o crescimento, da evasão, do alto custo para fazer escotismo. Contentamo-nos com o que lidamos. Nossas sessões, nosso grupo, distrito e etc. Mas voltemos ao nosso tema que é dizer “Muito Obrigado”. Será que realmente é uma norma não escrita para todos no ambiente de um Grupo Escoteiro possamos viver em sintonia e alegres das amizades que temos?

                 Se todos se dispusessem a pelo menos tentar cumprir um pouco da Lei Escoteira ou então fazendo o Melhor Possível para dar a ela uma conotação pessoal teríamos o mesmo comportamento de alguns que ainda não tocaram que somos todos irmãos escoteiros. Será que pela falta de dizer “Muito obrigado” não seja a causa de muitos se afastarem do escotismo? É tão difícil assim agradecer? Ser cortês? Sorrir, abraçar e elogiar? Não é formidável nós chefes chegarmos à sede, no dia de reunião e apertar a mão de um por um de todos nossos escoteiros ou lobinhos individualmente? E dizer a eles – Bem vindos estou orgulhoso de ver vocês aqui! Que bom que você é meu amigo!

                 Hora se o que fazemos pode ser um hábito de comportamento melhor ainda que nosso exemplo se espalhou e todos nos jovens, principalmente os graduados dizendo aos seus comandados individualmente - ”Sejam bem vindos!” A patrulha/matilha está orgulhosa em ter você. Difícil? Claro que não. Afinal se fazemos assim nosso exemplo será seguido sem sombra de duvida. Sei que muitos irão dizer: - Chefe, não dá os medalhões os que sabem mais que a gente nos olham como se fossemos reles empregados seus. Ora, ora, isto deve ser uma mínima parte do todo. Sei que a maioria não é assim. Se você tem um Diretor Técnico que quando chega às reuniões ele vem com aquele sorriso e dizendo: – Bem vindo! Sinto-me orgulhoso em saber que você é um dos nossos! Você se desmancha todo. Verdade ou não?

             Sei que podem dizer que o exemplo vem de cima. Vem do Distrital quando te vê abre aquele sorriso e lhe dá um grande abraço e um aperto de mão. Do Assistente da região, do funcionário da cantina, da parte burocrática da região e da nacional e como é bom ver o chefão olhar você, estampar aquele sorriso fraterno e apertar sua mão como se você fosse seu irmão e amigo para sempre. Quanta alegria você teria e quanta motivação em saber que o tratamento a você é dado como se sua pessoa tivesse realmente uma importância dentro da fraternidade escoteira. Acredite quem sabe um dia o Presidente, ou aquela famoso DCIM irá abraça-lo e dizer: - Meu amigo, muito obrigado por pertencer a União dos Escoteiros do Brasil. Estamos orgulhosos de ter você em nosso meio! Se precisar de uma troca de ideias conte conosco e se precisar mais ainda iremos ao seu Grupo Escoteiro conversar e sugerir.

             Sei que muito que disse aqui é uma utopia. Mas precisamos ser os primeiros. Um poeta dizia: para que serve a utopia? Serve pra isso: para que eu não deixe de caminhar. Portanto é você quem deve dar o primeiro passo. Agradecer muito. Isto faz bem. Shakespeare dizia que o ouvido humano é surdo aos conselhos e agudo aos elogios. Uma verdade sem sombra de dúvida. Quando entramos como voluntários no movimento escoteiro, esperamos é claro que haja algum tipo de agradecimento. Sempre chegamos com um sorriso e nem sempre obtemos outro de volta. Sei que os jovens estão sempre sorrindo e isto é uma paga enorme. Aquele “tapinha” de leve a dizer – Muito bom o seu trabalho! Você foi muito bem na reunião hoje! O Grupo Escoteiro se orgulha em ter você conosco. Você faz uma tremenda falta!

                    Nossa lei é clara – “O escoteiro é amigo de todos e irmão dos demais” E a cortesia? Ela não diz que tal pessoa é especial. É uma lei para todos sem distinção. Portanto dê o seu abraço. Diga que está feliz, e olhe se notarem aquele lobinho, ou lobinha, escoteiro ou escoteira, sênior e guia pioneiro ou pioneira ou escotistas de cara amarrada, vá até ele. Aposto que vai ficar espantado com seu abraço, com suas palavras. “beleza bom demais que você é um dos nossos”. Aposto que vai dar um belo sorriso!
               Agora é mãos a obra. Ainda que haja noite no seu coração, vale à pena sorrir, abraçar, dizer muito obrigado. Abusem meus amigos do “Muito obrigado” “Grato gratíssimo” “Seja bem vindo” “Estamos orgulhosos de você”. Como é bom ver alguém sorrir. Sorria, o seu sorriso é contagiante. Faça do seu grupo uma alegria constante! Espere e vais ver que sua colheita vai ser abundante e eterna. O sorriso da felicidade e do sucesso irá trazer grandes benefícios.


Alô! Meus parabéns! Quero que saiba que mesmo sem o conhecer, eu gosto de você! E olhe, estou agora dando um enorme sorriso!

Aprendi o silêncio com os faladores, a tolerância com os intolerantes, à bondade com os maldosos; e, por estranho que pareça, sou grato a esses professores. Portanto a todos digo que não guardo magoa e só posso dizer muito Obrigado!